quarta-feira, fevereiro 15, 2012

Agência Pronúncia - Quando é a hora de mudar a logomarca da sua empresa?


Em outra oportunidade, aqui no blog, já havíamos conversado sobre como os valores, a filosofia, e o propósito de uma empresa podem estar estampados em traços e formas de uma logomarca (leia mais aqui).
Desta vez vamos abordar, de forma sintetizada, um dos assuntos mais delicados para se tratar com um empresário: a mudança da logomarca da sua empresa.

Quando nos contratam para serviços como planos de propaganda, campanhas publicitárias ou mesmo SMM, é comum nos depararmos com logotipos, digamos, difíceis de trabalhar e que, até mesmo, comprometem o desempenho das ações de comunicação.
Isso se dá não apenas por um design ultrapassado ou por não ter os "efeitos da moda", mas pela desconformidade com o ramo de atividade, por não ter ligação com o mercado em que a empresa atua ou por divergir do posicionamento da empresa.

Quando questionados sobre o significado da logomarca de sua empresa, ou o porque das cores utilizadas, muitos dos empresários não sabem explicar. De qualquer forma, explicar o porque daquele traço abaixo do nome, o losango azul dentro de um círculo vermelho, ou seja lá qual for a imagem ou forma escolhida para representar a sua empresa, pode até não ser tão difícil, mas será que esta escolha faz sentido para o seu público alvo? Sua logomarca transfere ao mercado a imagem que deveria?

Abaixo temos alguns exemplos da evolução em grandes marcas:





Não existe uma fórmula pronta que dirá se você deve ou não mudar sua logomarca. Em grandes empresas, são demandados investimentos consideráveis em pesquisa e planejamento para estas ações, e que nem sempre resultam em projetos "graciosos" mas diminuem a margem de erro. Para empresas que não dispõem de tantos zeros para investir em pesquisas, relacionamos a baixo algumas questões que podem nortear o empresário na decisão de mudança de sua logomarca.

São elas:

·        Minha marca se destaca dentre as dos concorrentes?
·        Há quanto tempo minha logomarca - em seu design atual - existe?
·        Que mensagem e valores o design da minha marca passa para o meu público?     (credibilidade, agilidade, segurança, força, bem estar ou algum diferencial competitivo).
·        Minha marca acompanhou a evolução da minha empresa?

Existem outras questões como a percepção que o indivíduo tem diante das cores e formas, dentro de cada cultura (leia mais aqui), muito abordada pelo neuromarketing, além das tendências no design. A contratação de empresas especializadas em branding e design de marca é uma alternativa viável e que beneficia a empresa com projetos bem elaborados e coerentes com as questões citadas acima.
A mudança de uma logomarca, planejada e bem executada, pode remeter à imagem de uma empresa de vanguarda que evoluiu em seus serviços e produtos, transmitindo seus reais valores. Porém, mudanças constantes, podem confundir o consumidor, passar uma imagem de falta de personalidade, além de demandar investimentos consideráveis para comunicar tal mudança.

Sabemos que o fator emocional tem influência na mente do empresário e geralmente prepondera na decisão de mudar a logomarca. Mas é preciso entender que a marca foi criada para o consumidor e não para sí mesmo.

Ivan da Luz - Diretor de criação Agência Pronúncia

0 comentários: